Entrada
Entrada
O Centro
Investigação
Investigadores
Actividades Destaques 2015-2018 2014-2011 2010-2007 2006-2003 2002-1999
Formação
Publicações
Biblioteca
Redes Internacionais
Recursos Electrónicos
Call for Papers
Boletim
Ligações úteis
Contactos

English VersionCEC no FacebookCEC no YouTube
Entrada seta Actividades seta 2010-2007 seta Pedro Meira Monteiro (Princeton University)

Pedro Meira Monteiro (Princeton University)
Terra e Desterro: a Impertinência da Pertinência
Seminário

Data: 15 de Janeiro de 2008
Local: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

A célebre fórmula de Sérgio Buarque de Holanda em Raízes do Brasil ("somos ainda hoje uns desterrados em nossa terra") ressoa um tema e uma poética poderosas, que põem em suspenso a propriedade dos rótulos nacionais. Do exílio europeu dos românticos ao homem aprisionado pela paisagem em Euclides da Cunham do sertão de Guimarães Rosa como exílio da alma ao cinema ou à literatura nos dias de hoje, o deslocamento sugere o estranhamento profundo da origem como signo coerente e pertinente. Ao buscar aquele tema e aquela poética, podemos levantar questões interessantes. Que aventura propõe a literatura quando o qualificativo "brasileira" se esvazia completamente? Pode-se falar, seriamente, em uma literatura "brasileira" nos dias de hoje? Há literatura, simplesmente, sem que a origem se ponha sob suspeita?






| Imprimir | Adicionar aos Favoritos |

Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
conteúdos: © 2006 - 2017, Centro de Estudos Comparatistas
textos assinados: © autor respectivo