Entrada
Entrada
O Centro
Investigação
Investigadores
Actividades Destaques 2015-2018 2014-2011 2010-2007 2006-2003 2002-1999
Formação
Publicações
Biblioteca
Redes Internacionais
Recursos Electrónicos
Call for Papers
Boletim
Ligações úteis
Contactos

English VersionCEC no FacebookCEC no YouTube
Entrada seta Actividades seta 2010-2007 seta Workshop de Robert Singer: "A Crowd of Twisted Things"

Workshop de Robert Singer: "A Crowd of Twisted Things"
Workshop: Robert Singer, “A Crowd of Twisted Things”: The Dystopian Film Narrative
Local: 5.2., FLUL
Data: 10-12h/14-17h, 7 de Dezembro de 2010

Inscrições: 20€ para estudantes e 40€ para público geral
(Os interessados deverão dirigir-se ao Centro de Estudos Comparatistas, onde deverão preencher o formulário de inscrição e efectuar o pagamento aquando da inscrição. No final do workshop serão entregues certificados aos participantes).

Apresentação:

“A Crowd of Twisted Things”: The Dystopian Film Narrative

     Este workshop centrar-se-á na análise de textos fílmicos distópicos, tanto no cinema americano como no cinema internacional. O texto distópico projecta futuros assustadores a partir de determinadas tendências sócio-políticas históricas. O espectador pode interpretar estes filmes distópicos como alegorias de fundo político; pode também vê-los simplesmente como formas de entretenimento popular – blockbusters com elencos de estrelas, efeitos especiais grandiosos e um eficaz aparelho de marketing.
     Serão objecto de discussão e análise comparativa várias narrativas fílmicas distópicas: Blade Runner (1982), Nineteen Eighty-Four (1984), Total Recall (1990), The Truman Show (1998), The Matrix (1999), Fight Club (1999), Battle Royale I (2000), e o remake de animação Metropolis (2001), entre outros. Procurar-se-á mostrar de que forma estes filmes individualmente absorvem e transformam o género fílmico distópico, redefinindo de forma única o tropo da memória. Esta análise será complementada com a leitura de excertos seleccionados de narrativas do Holocausto ou de escravatura e cativeiro, em que a ideologia distópica se encontra patente, nas suas várias características. Para terminar, será estabelecida uma relação entre o género fílmico distópico e outras formas fílmicas, como o melodrama, a ficção científica, o horror e a adaptação.


Breve nota biográfica:

Robert Singer é professor de Inglês no Kingsborough Community College, City University of New York (CUNY), professor de Estudos Liberais e Estudos Fílmicos no Graduate Center da mesma universidade. Especializou-se na área dos Estudos Literários e Fílmicos, com ênfase na teoria de géneros e na era do cinema mudo. Doutorou-se em Literatura Comparada na New York University, nas areas dos Estudos Literários e Estudos Fílmicos. Prof. Singer é também realizador, tendo escrito e dirigido vários filmes: "Necessary Being," "City Gods," e "The Tell-Tale Heart".






| Imprimir | Adicionar aos Favoritos |

Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
conteúdos: © 2006 - 2017, Centro de Estudos Comparatistas
textos assinados: © autor respectivo