Entrada
Entrada
O Centro
Investigação
Investigadores
Actividades Destaques 2015-2018 2014-2011 2010-2007 2006-2003 2002-1999
Formação
Publicações
Biblioteca
Redes Internacionais
Recursos Electrónicos
Call for Papers
Boletim
Ligações úteis
Contactos

English VersionCEC no FacebookCEC no YouTube
Entrada seta Actividades seta 2015-2018 seta Conversas Urbanas Alternativas #2

Conversas Urbanas Alternativas #2

Data: 23 de Maio, 2017 | Horário: 18:00
Local: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (Bar da Biblioteca)
Cartaz
English version

Haverá lugar para narrativas urbanas alternativas nas cidades de hoje?

O projecto OFF-OFF Lisbon do Centro de Estudos Comparatistas organiza este ciclo de conversas com artistas, pensadores e especialistas de diversas áreas do saber, com o objectivo de reflectir sobre o que podemos considerar uma narrativa urbana alternativa nas cidades contemporâneas. Propõe-se criar um diálogo e debate em torno das práticas artísticas e a sua relação com os vários contextos urbanos, políticos e arquitecturais, bem como em torno da relação entre os elementos materiais da cidade e as possibilidades de interacção social, comunicativas e de expressão criativa.
As práticas artísticas contemporâneas, tendo o espaço público como alvo, são formas privilegiadas  para pensar e teorizar sobre a sua espacialidade distintiva: representações do espaço, do quotidiano, as tensões e relações sociais, as diferenças e diversidade culturais. Pretende-se questionar criticamente oposições binárias tais como centro/periferia, institucional/alternativo, reflectindo como culturas marginais são (ou não) apropriadas pelo discurso institucional, como as zonas periféricas influenciam as posições centrais do sistema da cultura e vice-versa, o que se traduz numa negociação identitária. Estas áreas móveis e instáveis serão centrais para o nosso debate.
Pensando na cidade como uma variedade de narrativas e discursos, propõe-se uma forma de reflexão que possa dar conta das variações, contradições, movimentos nas cidades a partir de um perspectiva multidisciplinar e comparatista.

Margarida Agostinho à conversa com Jay Koh

Margarida Agostinho
Faz investigação artística em corpo-escrita. Trabalha no c.e.m desde 2003, tendo começado pela gestão artística que ainda pratica, passando depois a acompanhar processos de investigação nos estudos do corpo e do movimento e orientando encontros de corpo-escrita. Fez formação em psicopedagogia perceptiva, uma vertente do trabalho de fasciaterapia, com Danis Bois a par com a formação no c.e.m e acompanha intensamente o trabalho de investigação em corpo de Sofia Neuparth. Faz parte das equipas de rua que sustenta a realização do Festival Pedras, um festival anual com as pessoas e lugares de Lisboa.

Jay Koh (iFIMA)
Jay Koh, Doctor of Fine Arts, is a cross-disciplinary artist-curator, educator and consultant focused on public participative and socially-engaged art. He has practiced and lectured in over 40 countries in Europe, Asia and elsewhere.
In 1995, he founded international Forum for InterMedia Arts (iFIMA) and in 2000 was joined by Chu Yuan to initiate public, participative and socially engaged art projects, such as the Open Academy program in Hanoi, Hue, Ulaanbaatar and Yangon.
Jay’s book Art-Led Participative Processes: Dialogue & Subjectivity within Performances in the Everyday (University of the Arts Helsinki, 2015; SRID/Gerakbudaya, 2016) discusses holistic and ethical art processes in building relationships and seeking affirmation across sectors and disciplines. Currently, he is based in Southeast Asia and working on his forthcoming books, Performing Politics: Arts & Society and A Reader on Praxis/es: People-Centred and Public Engagement Processes.
Recently, he convened the conference “People-Centred Processes: Arts, Education and Cross-Sector Collaboration” at the Asia Centre in Bangkok and lectures at King Mongkut’s University of Technology (Thonburi Bangkok), Glasgow Sculpture Studios (Scotland), Zurich University of Applied Art and Lucerne School of Art and Design. Presently, Jay Koh collaborates with centers  for art and health, art and pedagogy and arts education at Bangkok, Hong Kong, Kuala Lumpur, and Singapore.


Actividade conjunta entre os projectos Comparing We’s / CITCOM e OFF-OFF Lisbon / THELEME do Centro de Estudos Comparatistas.





| Imprimir | Adicionar aos Favoritos |

Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
conteúdos: © 2006 - 2017, Centro de Estudos Comparatistas
textos assinados: © autor respectivo