Entrada
Entrada
O Centro
Investigação Grupo CITCOM Grupo LOCUS Grupo MORPHE Grupo THELEME Projectos Concluídos
Investigadores
Actividades
Formação
Publicações
Biblioteca
Redes Internacionais
Recursos Electrónicos
Call for Papers
Boletim
Ligações úteis
Contactos

English VersionCEC no FacebookCEC no YouTube
Entrada seta Investigação seta Grupo THELEME seta RIAL – REALIDADE E IMAGINAÇÃO NAS ARTES E NA LITERATURA

RIAL – REALIDADE E IMAGINAÇÃO NAS ARTES E NA LITERATURA

RIAL – REALITY AND IMAGINATION IN ART AND LITERATURE

Coordenação: Fernando Guerreiro

 

Descrição:

A aproximação à realidade (física, humana, social) e o distanciamento em relação a esta têm sido coordenadas fundamentais do pensamento sobre arte e representação desde a antiguidade clássica. No contexto da modernidade estética, e em particular desde o Romantismo, estas relações sofreram novas configurações, motivadas por aspectos tais como o surgimento da Estética enquanto categoria filosófica, o processo de autonomização da arte e o desenvolvimento da crítica, o reconhecimento da relação tensional entre o fantástico e o realismo literários, ou a complexificação dos códigos da pintura entre a imitação e a abstracção. A partir da reconsideração desta herança histórica e teórica, o projecto RIAL propõe equacionar as relações entre realidade e imaginação na arte e na cultura, do século XIX até à contemporaneidade.

Com um grupo de trabalho composto por investigadores ligados às áreas dos estudos literários e fílmicos, da filosofia e da história da arte, o projecto assume um cariz marcadamente interdisciplinar e interartístico, integrando-se nas práticas actuais do comparatismo. A investigação concentrar-se-á sobretudo em manifestações artísticas do cinema e da literatura, considerando também, sem pré-determinações geográficas ou linguísticas, outros meios de representação e áreas do saber.

O estudo desenvolvido no âmbito deste projecto explorará uma rede conceptual que traduz essencialmente zonas de porosidade e de contaminação entre vida e arte, ficção e História, percepção e facto, ilusão e experiência, quotidiano e maravilhoso, sistemas simbólicos e cultura material, entre outros pares problemáticos, entendidos na sua complementaridade e interpenetração e não apenas antinomicamente. Os trabalhos debruçar-se-ão sobre momentos históricos, autores e obras particulares, em que a articulação entre os dois conceitos titulares (realidade e imaginação) constitui claramente um problema central.  Tomam-se, assim, como casos modelares desta problemática: a corrente estética do Realismo oitocentista; o aparecimento da imagem fotográfica e, no virar do século, do cinema; os modernismos e as vanguardas do primeiro quartel do século XX; e o melodrama como género sincrético e paradigmático da modernidade (Ben Singer), no qual confluiriam diversas expressões artísticas, assim como diferentes entendimentos do “musical” e do “dramático” na sua relação com os media, o público e a tradição.

Por conseguinte, e procurando oferecer respostas tão específicas quanto possível ao problema de partida, decorrentes das diversas áreas de especialidade e de pesquisa aprofundada de cada um dos seus membros, a investigação distribuir-se-á por três linhas de estudo, nomeadamente: 1) Narrativa: modalizações do realismo literário; 2) Melodrama: género, espectáculo e imaginário; 3) Imagem: materialidade e espectralidade do audiovisual. Embora estas linhas consistam em desenvolvimentos particulares da proposta geral do projecto, procurar-se-á que elas comuniquem entre si, e que sejam compreendidas na sua dimensão relacional e dialógica.

Os trabalhos de pesquisa individuais estarão na base de uma série de actividades propostas, entre as quais: encontros regulares da equipa para apresentação de trabalho em curso, jornadas de estudo subordinadas a tópicos específicos, ciclos de palestras com oradores convidados, conferências, cursos livres, ciclos de cinema, e publicações em múltiplos suportes. Através da diversidade de tarefas propostas, o projecto visa concretizar os seguintes objectivos:

  • Promover uma discussão crítica dos conceitos filosóficos de realidade e imaginação, reconhecendo e considerando produtivamente a sua amplitude semântica, e cruzando-os com conceitos conexos, mais directamente ligados aos estudos literários e artísticos, tais como, ficção, realismo, invenção, imaginário, imitação, representação, entre outros.
  • Mapear a evolução histórica do problema e aferir a sua configuração actual, tanto no âmbito das práticas artísticas, como no dos discursos críticos e teóricos que elas suscitam, a partir de um olhar não apenas diacrónico, mas também prospectivo.
  • Contribuir para o campo dos estudos interartes com um trabalho que, valorizando sempre o potencial teórico dos conceitos titulares, interrogue de igual modo problemas estéticos transversais às artes e a especificidade material dos diferentes meios de representação.
  • Colaborar com outras unidades de investigação e com investigadores externos à equipa, especializados em assuntos afins, com o intuito de ampliar o alcance da pesquisa levada a cabo no projecto, potenciando assim a pluralidade de pontos de vista e abordagens.
  • Desenvolver actividades em parceria com entidades culturais fora da academia, com vista não só à disseminação de resultados científicos, como também à extensão do debate acerca dos mesmos a um público mais alargado e heterogéneo.

As linhas de estudo considerarão especialmente os seguintes tópicos de trabalho, entre outros possíveis:

1 ) Narrativa: modalizações do realismo literário

  • O narrador omnisciente, subjectivação, ponto de vista e conhecimento do mundo;
  • Tensões da estética realista: entre efabulação, descrição e sugestão;
  • O modelo de romance oitocentista: transformações literárias e socioculturais, o romanesco e a cultura material;
  • Conto, novela e outras formas de narrativa breve associadas ao documento e ao retrato social, mas também ao sobrenatural e à especulação;
  • Modernismo(s): o realismo deceptivo, continuidades e rupturas.

2 ) Melodrama: género, espectáculo e imaginário

  • Drama, música, performance e a matriz operática do melodrama;
  • O melodrama no teatro sensacionalista do século XIX e os seus desenvolvimentos no cinema mudo;
  • Teoria dos géneros, retórica, reflexividade e questões de estilo;
  • Configurações do melodrama, entre o cinema clássico e o cinema moderno e contemporâneo;
  • Concepções universalizantes de melodrama e configurações nacionais;
  • A persistência de motivos melodramáticos nas literaturas do século XX e da contemporaneidade;
  • Melodrama e sociedade: a politização do género.

3 ) Imagem: materialidade e espectralidade do audiovisual

  • Teorizações do conceito de imagem na literatura;
  • Imagem fotográfica, espiritismo e fantasma;
  • O estatuto da imagem no contexto das primeiras vanguardas do século XX;
  • Interrogação do valor mimético, realista e documental da fotografia e do cinema;
  • Figuração reflexiva de elementos de natureza óptica e especular;
  • Materialidades das artes plásticas, da fotografia e do cinema (analógico e digital).

Equipa:

Coordenador: Fernando Guerreiro (CEC/FLUL)

Amândio Reis (CEC/FLUL)

Clara Rowland (IELT/FCSH-UNL)

Jeffrey Childs (CEC/UAB)

João Pedro Cachopo (CESEM/FCSH-UNL)

José Bértolo (CEC/FLUL)

Luciano Brito (CERC/Sorbonne Nouvelle-Paris 3)

Margarida Medeiros (CECL/FCSH-UNL)

Maria Inês Robalo (CEC/FLUL)

Mário Jorge Torres (CEC/FLUL)

Susana Nascimento Duarte (IFILNOVA/ESAD-IPL)

 

Consultores externos:

Osvaldo Silvestre (FLUC)

Pedro Serra (U. Salamanca)

Rosa Maria Martelo (FLUP)

Teresa Castro (Sorbonne Nouvelle-Paris 3)

 

Resultados anteriores:

 

Publicações

2016 José Bértolo, Imagens em Fuga: Os Fantasmas de François Truffaut (hiperligação)

2015 Amândio Reis, O Livro Encenado: Escrita e Representação em Ana Teresa Pereira (hiperligação)

2015 Fernando Guerreiro, Cinema El Dorado – Cinema e Modernidade (hiperligação)

 

Encontros científicos

2016 Outubro: Seminário Aberto “Melodrama entre as artes” (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa) (hiperligação)

 

Actividades de disseminação

2014 Março: Ciclo de cinema “Melodrama da década de 1910 (Bauer, Chaplin, DeMille, Gasnier & MacKenzie, Griffith, Perret)” (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa) (hiperligação)

 

E-mail: Este endereço de email está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email | Página Facebook

 







| Imprimir | Adicionar aos Favoritos |

Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
conteúdos: © 2006 - 2017, Centro de Estudos Comparatistas
textos assinados: © autor respectivo