Entrada
Entrada
O Centro
Investigação
Investigadores
Actividades
Formação
Publicações Revista Textos e Pretextos Série ACT Livros Revista Dedalus Revista estrema
Biblioteca
Redes Internacionais
Recursos Electrónicos
Call for Papers
Boletim
Ligações úteis
Contactos

English VersionCEC no FacebookCEC no YouTube
Entrada seta Publicações seta Livros seta A Ideia de Humanidade na Literatura do Início do Século XX

A Ideia de Humanidade na Literatura do Início do Século XX

ImageAutor: Ângela Fernandes
Edição: Tinta da China
Ano: 2013
Preço: 14€

 

 

 

 


Neste ensaio percebe-se como Huxley, Malraux e Gómez de la Serna, três autores provenientes de diferentes universos linguísticos e culturais europeus, mas cronologicamente coincidentes no ambiente literário das décadas de 1920 e 1930, representam e reflectem sobre aspectos essenciais da existência humana.

ÍNDICE 

Apresentação

"(...) Como será possível delinear um entendimento forte da literatura enquanto exercício válido e relevante no universo humano actual? Ou, dito de outro modo, como se poderá argumentar persuasivamente sobre a validade e a relevância da literatura face a noções abrangentes de humanidade ou de humanismo? Sem menosprezar o risco de incorrer em imprecisões ou ambiguidades, afigura-se aqui pertinente considerar mais exaustivamente a questão, em especial porque, neste limiar do século XXI, a perspectivação do valor da literatura, e das práticas a ela associadas, se articula em larga medida com a possibilidade de assumir um renovado olhar sobre as mútuas implicações entre a experiência literária e o ententimento da vida humana."

 Capítulo 1 - Literatura e humanidade

  • Palavras e problemas
  • Definições e fronteiras de humanidade
  • Humanismo e humanidades
  • A humanidade da literatura

Capítulo 2 - A humanidade de um admirável mundo novo

  • Mundos novos, ciência e arte
  • O progresso da ciência e o futuro da sociedade
  • A liberdade de ser diferente

Capítulo 3 - A condição humana neste mundo

  • Xangai em 1927: história, histórias e ideias
  • Razões para viver e para morrer
  • As vozes da humanidade

Capítulo 4 - Histórias falsas e verdades humanas

Referências bibliográficas

Índice onomástico






| Imprimir | Adicionar aos Favoritos |

Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
conteúdos: © 2006 - 2017, Centro de Estudos Comparatistas
textos assinados: © autor respectivo