Entrada
Entrada
O Centro
Investigação
Investigadores
Actividades
Formação
Publicações Revista Textos e Pretextos Série ACT Livros Revista Dedalus Revista estrema
Biblioteca
Redes Internacionais
Recursos Electrónicos
Call for Papers
Boletim
Ligações úteis
Contactos

English VersionCEC no FacebookCEC no YouTube
Entrada seta Publicações seta Livros seta O Nosso Dever Falar

O Nosso Dever Falar
ImageOrganização: Alexandre Dias Pinto, Carlota Miranda, Orlanda de Azevedo, Pedro Valente
Edição: Santillana Constância
Ano: 2007

O Nosso Dever Falar
Antologia de Poemas em Torno da Cidadania

Organização e abordagem didáctica:

  • Alexandre Dias Pinto
  • Carlota Miranda
  • Orlanda de Azevedo
  • Pedro Valente

Prefácio:

  • Manuel Gusmão

O Nosso Dever Falar é uma obra que cumpre, na essência, dois objectivos. Trata-se, por um lado, de uma antologia de poemas de língua portuguesa que abordam questões relativas à cidadania. Tendo em conta que esta tem sido uma temática produtiva na literatura lusófona, sobretudo no século XX, reúnem-se neste livro textos líricos que problematizam assuntos como as formas de poder, a pobreza, a in(justiça) social, a consciência cívica, mas também o respeito pelo outro, o consumismo, o poder dos media ou a condição da mulher. Por outro lado, esta é uma obra de cariz didáctico, concebida para ser usada tanto nas disciplinas de Língua Portuguesa, Português e Literatura Portuguesa como em Formação Cívica. Com este propósito, trinta das composições poéticas são acompanhadas por percursos de exploração literária e de reflexão sobre os problemas nela equacionados. O Nosso Dever Falar emerge de um projecto didáctico intitulado "Com as Línguas e as Artes a Caminho da Cidadania", que recebeu o apoio do Centro de Estudos Comparatistas da Universidade de Lisboa e foi distinguido com o Selo Europeu para as Iniciativas Inovadoras na Área do Ensino-Aprendizagem das Línguas.






| Imprimir | Adicionar aos Favoritos |

Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
conteúdos: © 2006 - 2017, Centro de Estudos Comparatistas
textos assinados: © autor respectivo